jw_script_2_pages

Leia duas páginas do roteiro de Jurassic World

Duas páginas do roteiro de Jurassic World caíram na web depois de serem disponibilizadas durante alguns testes de elenco para o filme. Não sabemos se estes diálogos, ou até os personagens, são realmente parte do roteiro final do filme, mas tudo indica que sim pois já sabemos que os nomes batem com as informações e fotos tiradas dos sets da gravação, além da descrição dos personagens casar 100% dos o elenco do filme.

Por isso, só prossiga a leitura se não se importar com spoilers!

Clique nas imagens para ver maior as páginas originais do script em Inglês:

Confira a tradução e mais abaixo a análise da cena, feita por nossa equipe:

 

PÁGINA 1 – CONCIERGE (RECEPCIONISTA)

INTERNA – LOBYY DO HOTEL – DIA

O recepcionista atormentado segue os dois garotos até o lobby, levando a bagagem de ambos.

RECEPCIONISTA
Sua tia se organizou para recebê-los às 13h?

ZACH
Receber a gente? O que é ela, o presidente?

RECEPCIONISTA
Ela é muito ocupada. Qual foi a última vez que você a viu?

ZACH
Eu não sei, eu ainda era criança.

RECEPCIONISTA
Ela provavelmente não estava no comando quando você era criança. As coisas são diferentes agora.
(Vê que Gray está bem mais à frente deles)
Ele poderia ir mais devagar?

ZACH
Ele não vai mais devagar.

Análise da cena:

Esta cena deve se passar logo após a chegada dos jovens Zach e Gray (Ty Simpkins e Nick Robinson) ao parque. Talvez seja a cena gravada no Centro de Convenções do Havaí, onde já sabemos que haverá uma parada do trem (monorail) que transporta os visitantes pela ilha.

Descobrimos também que Beth (Bryce Dallas Howard) é tia dos garotos e trabalha no parque (como cientista, de acordo com o que foi divulgado anteriormente).

 

PÁGINA 2 – HAMADA

INTERNA – TORRE DE OBSERVAÇÃO – DIA

Beth e Sr. Sourian espiam com desconforto através do vidro os olhos vermelhos encarando-os de um local escuro.

SOURIAN
Ela vai comer animais vivos?

HAMADA
Animais vivos não. Não para ela.

KATASHI HAMADA, 52 anos, um japonês de cabelos cinzentos durão que já matou com as próprias mãos, é revelado no lado mais distante do deck de observação. Hamada transmite uma presença calma, mas de grande energia mortal.

HAMADA (Continuação)
Quando eu era um garoto eu tinha uma cobra. Cobra Mamushi. Criada se alimentando de ratos mortos. Um dia meus amigos vieram me visitar, eles queriam um show. Nós compramos um rato vivo. Colocamos ele na gaiola. A Mamushi ficou olhando por um tempão. O rato se move calmamente pela gaiola. Pensa… “Esta é minha nova casa.” Strike. O pequeno coração do rato acelera, depois se acalma, aí… (mostra uma mão imóvel)
Depois disso, Mamushi não olha mais pra ratos mortos. Só para comida viva.

Silêncio constrangedor. Hamada chega mais perto do vidro, como se os demais não estivessem nem presentes ali.

HAMADA (Continuação)
Acredite em mim. Você não quer que este animal experimente coisas que se movimentam e sangram.

Análise da cena:

Nesta cena Beth (Bryce Dallas Howard) e um funcionário do parque chamado Katashi Hamada (Brian Lee) estão observando um dinossauro junto com mais uma pessoa que não sabemos quem é, nem se é funcionário ou visitante.

A cena parece ter sido escrita para nos apresentar, mesmo que sem mostrar nada mais além dos olhos na escuridão, um novo dinossauro. Talvez seja a nova espécie super perigosa/assustadora que foi prometida pelo diretor Colin Trevorrow e pelo consultor/paleontólogo Jack Horner. Qual dinossauro seria este? Nossa aposta é que seria um dinossauro modificado geneticamente, talvez híbrido entre duas ou mais espécies.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>